Blog

Receitas que eu guardo #03 – Pasta Cascina del Finocchio Verde

Desde que me transformei em uma cozinheira mesmo, a culinária que mais teve impacto na minha vida foi a italiana. Tanto que o único curso formal que fiz até hoje foi para aprender a transferir o sentimento que tenho dentro de mim para a massa caseira, ou em outras palavras, para aprender a fazer massa … Continuar lendo Receitas que eu guardo #03 – Pasta Cascina del Finocchio Verde

Depois do Carnaval, reinvente sua rotina alimentar

Começa com Réveillon, depois vêm as contas do mês de janeiro, as matrículas em faculdade, cursos, academia e aquela tentativa de entrar na rotina. Alguns também curtem as férias, uma pausa antes de retomar o ritmo e enfrentam estradas e aeroportos cheios. Seja como for, chega o Carnaval e com ele a redenção das cobranças … Continuar lendo Depois do Carnaval, reinvente sua rotina alimentar

Uma boa prosa, café coado e quitandas: doces tradicionais – parte 6

Um caderno de memórias afetivas é isso que busco ao escrever sobre comida. Por meio de um relato mais poético, desejo despertar sensações no imaginário dos leitores. Talvez seja uma missão pretenciosa como aquela de um artista, porém é sincera e, tenho que admitir, é a minha forma de dividir com os outros o que … Continuar lendo Uma boa prosa, café coado e quitandas: doces tradicionais – parte 6

La dolce vita entre ricotas, groselhas e avelãs: doces tradicionais – parte 5

Em 2017, vivi a mais transformadora experiência da minha vida. Apesar de ter passado parte da minha infância no interior de Minas e de ter uma relação profunda com o campo, nunca tinha experimentado trabalhar na roça. A agricultura e a criação de animais eram afazeres que eu conhecia e admirava, mas os quais não … Continuar lendo La dolce vita entre ricotas, groselhas e avelãs: doces tradicionais – parte 5